1001Coisas Logotipo
Certidão de inteiro teor: Saiba tudo sobre este documento!

Certidão de inteiro teor: Saiba tudo sobre este documento!

Certidão de inteiro teor. Foto: Pexels / Andrea Piacquadio
Certidão de inteiro teor. Foto: Pexels / Andrea Piacquadio

A certidão de inteiro teor é um daqueles documentos que muitas pessoas não conhecem até que eventualmente precisem emitir.

Porém, apesar de um tanto quanto desconhecida, esse tipo de certidão é muito importante e, porque não dizer, vital em alguns processos.

Continue lendo esse artigo até o final para descobrir o que é, para que serve, quando deve ser solicitado e até quanto custa uma certidão de inteiro teor.

O que é uma certidão de inteiro teor?

Uma certidão de inteiro teor nada mais é que uma transcrição fiel de tudo o que está escrito em um registro civil comum.

Podem ser emitidas certidões de inteiro teor de certidões de nascimento, certidões de casamento, certidões de óbito (atestado de óbito) e registros de imóveis (matrículas).

Assim, é correto afirmar que esse documento especial traz absolutamente todos os dados originais escritos e armazenados em cartório.

Os tipos de certidão de inteiro teor

Existem dois tipos de certidão de inteiro teor. São eles:

  • Certidão digitada: é uma versão, como o nome já diz, que traz uma cópia digitada de todas as informações do livro de registros original.
  • Certidão reprográfica: é basicamente uma fotocópia, ou xerox, do livro de registro. Assim, a pessoa leva para casa não apenas as informações, mas também uma imagem da página escrita no registro.

Ambos os tipos de certidão de inteiro teor têm o mesmo peso jurídico. Porém, algumas instituições podem solicitar um ou outro tipo, a depender da finalidade. 

Quais são as diferenças entre uma certidão de inteiro teor e uma certidão simples?

Em resumo, a principal diferença entre uma certidão de inteiro teor e uma certidão simples é a quantidade de informações dispostas em cada versão.

Enquanto a certidão em inteiro teor descreve literalmente tudo que está no registro de uma pessoa ou um imóvel, por exemplo, a certidão em breve relato, ou simples, traz apenas as informações mais importantes.

Por esse motivo, a certidão de inteiro teor não é solicitada habitualmente, o que faz com que muitas pessoas sequer conheçam esse tipo de documento.

Na maioria das vezes, inclusive em alguns processos importantes como a emissão de título de eleitor e a assinatura de financiamentos, apresentar a certidão simples já é suficiente.

Para que serve esse documento e em que momentos deve ser solicitado

Como citamos anteriormente, a certidão de inteiro teor é um relatório completo sobre determinado documento registrado em cartório. Assim, ela serve para lançar luz em informações específicas sobre uma pessoa ou um imóvel, por exemplo.

Na maioria das vezes em que esse tipo de certidão é solicitada, a pessoa em questão está tentando obter cidadania em outro país ou vai se casar no estrangeiro.

Nos dois casos, a certidão de inteiro teor é solicitada para que um histórico mais detalhado do indivíduo seja entregue às autoridades do país estrangeiro.

Por outro lado, esse documento também é solicitado dentro do Brasil em algumas ocasiões, mas é bem mais raro.

Como solicitar uma certidão de inteiro teor?

Para solicitar uma certidão de inteiro teor você deve se dirigir ao cartório de registro civil onde está o livro de registro original contendo as informações necessárias.

Geralmente, no caso de matrículas de imóveis ou registro de pessoas, o cartório responsável fica na cidade de origem do imóvel e de nascimento do indivíduo, respectivamente.

Chegando no estabelecimento, você deve preencher um requerimento para emissão do documento, pagar as taxas devidas e esperar pela emissão.

No caso de pessoas que estão longe do cartório responsável ou que queiram ter mais comodidade, também é possível emitir a certidão via internet, por meio de um cartório online.

O processo é bastante rápido e cômodo, e, ao fim, o solicitante recebe a sua certidão de inteiro teor via e-mail ou pelos correios.

Quanto custa a emissão do documento?

Quanto ao valor da certidão de inteiro teor, é correto afirmar que não existe um preço fixo praticado no Brasil.

Tanto os cartórios físicos quanto os digitais cobram valores de acordo com o livre exercício das suas funções.

Entretanto, segundo alguns levantamentos feitos, o valor médio para a emissão do documento gira em torno de R$ 65,00 atualmente.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Leonardo

Leonardo

 Envie um 
Comentário: