O que é “Low Code” e por que ele é tão importante para os negócios atualmente?

O que é low code. Foto: Canva / 1001 Coisas
O que é low code. Foto: Canva / 1001 Coisas

Navegue pelo conteúdo!

No cenário tecnológico empresarial, a busca constante por eficiência, agilidade e inovação impulsiona a adoção de novas ferramentas. Uma dessas inovações que vem ganhando destaque é o conceito de Low Code ou “Desenvolvimento de aplicações com pouco código”. O desenvolvimento de software tradicionalmente exigia habilidades técnicas avançadas, tempo e recursos significativos. No entanto, com o surgimento da tecnologia de Low Code esse cenário está passando por uma transformação revolucionária. 

Sabemos o quanto a tecnologia é responsável por impulsionar os negócios atualmente. Grande parte das empresas responsáveis por trazer altos rendimentos a economia brasileira está dentro do setor de tecnologia. Alguns empreendimentos atuam, inclusive, sem ter sequer um ponto físico, com todas as operações sendo feitas digitalmente. Um bom exemplo disso são as plataformas de apostas esportivas e cassino online, que registram grande crescimento nos últimos anos.

Com toda essa importância, é fundamental que surjam novos métodos de simplificação de etapas, isso ajuda as empresas a atenderem a uma demanda que cresce exponencialmente. É nesse cenário que surge o conceito de Low Code. Nesse artigo, iremos explicar um pouco mais sobre essa nova forma de desenvolvimento de softwares e sua importância para os negócios.

O que é Low Code de fato?

Conforme dito anteriormente, o termo Low Code já nos traz uma ideia do que esse conceito significa. Em essência, ele simplifica o processo de desenvolvimento de software, permitindo que usuários, mesmo sem habilidades de programação profundas, criem aplicativos de forma mais rápida e intuitiva. Essas plataformas fornecem interfaces gráficas e ferramentas visuais que eliminam a necessidade de escrever extensas linhas de código, reduzindo drasticamente as barreiras de entrada para o desenvolvimento de software.

De maneira extremamente simples, as empresas têm a capacidade de criar aplicativos e softwares, proporcionando a oferta de produtos e serviços para uma ampla demanda global. Até recentemente, o desenvolvimento de softwares estava inteiramente atrelado à programação manual, utilizando linguagens como Python e Java. 

No entanto, atualmente, é viável conceber novos sistemas mesmo sem um profundo domínio dessas linguagens. Projeções indicam que até 2024, mais de 65% das aplicações serão construídas por meio de plataformas Low Code.

Em que o Low Code pode ajudar as empresas?

Existem várias formas de se beneficiar através desse novo conceito dentro de uma empresa. Algumas dessas formas são:

Aceleração do Desenvolvimento

O Low Code acelera o ciclo de vida do desenvolvimento de software, permitindo que aplicativos sejam criados em tempo recorde. Isso é particularmente crucial em um ambiente de negócios onde a agilidade é essencial para se adaptar rapidamente às mudanças no mercado.

Redução de Custos e Recursos

Ao simplificar o processo de desenvolvimento, as empresas podem economizar significativamente em custos de mão de obra e recursos. Menos horas de desenvolvimento manual resultam em uma redução direta nos custos associados ao desenvolvimento de software.

Maior Envolvimento dos Usuários

Com interfaces intuitivas e ferramentas visuais, o Low Code permite que usuários não técnicos participem ativamente do desenvolvimento de aplicativos. Isso promove uma colaboração mais estreita entre as equipes de negócios e de TI, resultando em soluções mais alinhadas com as necessidades reais da empresa.

Encontrou algo errado ou não atualizado? Fale conosco deixando um comentário ou enviando um e-mail para: redacao@1001coisas.app.br